Sobre Patrícia

Um pouco da minha história

Lembro me de que quando criança, eu dizia que queria ser uma detetive quando eu crescesse... Meu pai diz que sempre tive o olhar curioso e sensível. Perceber as emoções das pessoas ao meu redor sempre foi algo fácil e natural pra mim. 

Aos 15 anos eu pude conhecer a Biodança, participando de um grupo de jovens facilitado por uma psicóloga que muito me tocava. Lembro que já nessa idade eu sabia que meu caminho pessoal e profissional passaria pela Psicologia.

Em 2003, aos 18 anos, iniciei o curso de Psicologia na UnB. Ainda no primeiro ano do curso, comecei a participar de um grupo de corporeidade, meditações ativas e quebras de paradigmas chamado Movimente (na FEF/UnB). Frequentei esse grupo durante quase toda minha graduação. Essas práticas me abriram portas importantes na direção do autoconhecimento e na minha busca por entender a existência, o sentido da vida.

Aos 23 anos, já tendo experienciado psicoterapia individual com a psicanalista Joana Di Paoli, decidi fazer  um intenso e profundo trabalho terapêutico conhecido como "Processo". Participei do trabalho outras duas vezes como passante depois de concluir  como aluna. 

Durante esse ano e nos anos seguintes, participei de diversos trabalhos de Constelação Familiar, que foram me acrescentando conhecimento, curas pessoais e aprimoramento profissional. E na universidade, direcionei minha formação para a área da Psicologia Clínica. Permaneci por cerca de 2 anos como estagiária no grupo de Psicodrama e fiz parte do GIPSI (Grupo de Intervenção Precoce nas Primeiras Crises do tipo Psicótica) por cerca de 1 ano.

 

Me formei Psicóloga em 2009 e continuei atendendo adultos e adolescentes em consultório até meados de 2012.  No final de 2011, eu havia tomado posse como psicóloga no concurso da Secretaria de Estado da Criança, onde trabalhei por 6 anos, sendo a maior parte desse tempo atendendo adolescentes em conflito com a Lei. Dentro dessa mesma Secretaria, cheguei a passar alguns meses atuando dentro da rede de proteção a crianças e adolescentes vítimas de violência sexual. Descobri sobre outras realidades sociais que até então havia tido pouco contato,  vivi muitos desafios e aprendizados.

No âmbito mais pessoal, continuei investindo nos trabalhos de auto-desenvolvimento. Fui a Índia duas vezes, participei de vários retiros e cursos como: retiro de Meditação Vipassana e intensivos do Caminho do Coração. Fiz cursos conhecidos como ABCs da Espiritualidade 1 e 2, Bem Vindo ao Coração, Grupo de estudos e vivências baseadas nos conhecimentos do Pathwork (palestras canalizadas por Eva Pierrakos); entre outros.

Outra formação que foi muito importante pra mim, tanto a nível pessoal como profissional, foi a formação em Core Energetics, uma abordagem de psicoterapia Corporal neo-reichiana, feita entre os anos de 2011 e 2017.  Depois de me certificar, entrei para o time de assistentes dessa formação, papel que desempenhei até meados de 2020.

Em 2015 tive minha filha e nesse período mergulhei profundamente no universo da maternidade. Estudei assuntos ligados a gestação, parto, puerpério, amamentação, primeira infância... principalmente na perspectiva do meu novo lugar de mãe.  A experiência da maternidade é inegavelmente uma grande e importante escola que me transformou e continua me impulsionando na direção de me conhecer e me desenvolver. 

 

Em 2016, retomei os atendimentos individuais em consultório e no meio de 2017 decidi por concentrar toda a minha energia profissional no trabalho como psicoterapeuta. Pedi exoneração do meu emprego público e passei a atuar somente como psicoterapeuta.  Nos anos de 2018 e 2019 conduzi também oficina e grupos de Movimento em Core Energetics em Brasília, trabalho esse que descrevo melhor em uma aba específica aqui no site.

 

No final de 2019 mudei de Brasília para São Paulo, passando a atuar também pelo canal do atendimento online. Com a Pandemia em 2020, todos os meus atendimentos passaram a acontecer de forma virtual e me mudei com a família para Ubatuba, no litoral norte de São Paulo. Essa mudança aconteceu no intuito de estar mais próxima a natureza, mais próxima do mar e em uma cidade mais calma. Daqui, sigo realizando atendimentos online individuais a pessoas que residem em diferentes cidades, e a  brasileiros que residem em outros países. 

Acredito que todos os cursos e experiências acima descritos acrescentaram aromas e cores a psicoterapeuta que sou. Meus estudos e mergulhos continuam, pois nessa área não existe fim. Meu trabalho é auxiliar aqueles que me procuram a trazerem para a sua própria vida mais saúde, amorosidade, autenticidade, espontaneidade e conexão com sou eu mais profundo, sua própria essência. 

WhatsApp Image 2020-02-01 at 08.54.56 (1