Terapia Online

Sim, existem vantagens em fazer psicoterapia Online!

Nos últimos anos, experimentei ser cliente de terapia online por alguns meses, fiz (e sigo fazendo) sessões de supervisão online e comecei também a atender clientes à distância, em especial depois que me mudei para São Paulo em 2019. Em 2020, por conta da pandemia,  todos os meus atendimentos passaram a ser feitos de forma virtual e pude aprofundar ainda mais a experiencia do trabalho por essa via. Essas experiências fizera com que meu olhar fosse se abrindo para reconhecer os ganhos e vantagens desse recurso tanto para o cliente como para o terapeuta. Reconheço que há limitações e não é o mais indicado para casos graves e emergências. Mas, pode ser uma ótima alternativa para muitas pessoas.

A TERAPIA ONLINE PODE SER FEITA DA SUA PRÓPRIA CASA, se você tiver pelo menos um cômodo com total privacidade. Para algumas pessoas, o tempo e a logística de deslocamento até um consultório trazem uma dificuldade ou até impedimento para que a pessoa faça o acompanhamento. Brasileiros residentes em outros países ou locais distantes, pessoas com dificuldades de locomoção, indivíduos que se mudam ou viajam com frequência, ou mesmo quem tem uma rotina mais corrida e por isso o tempo de deslocamento é um fator significativo.

Uma das vantagens desse modelo é ajudar o cliente a aprender a criar um espaço seguro e privado pra si. Para fazer a terapia, o cliente precisa construir essa espaço dentro da sua própria casa ou em outro local. Isso faz com que a pessoa crie o hábito de criar esse lugar e de fato integre a possibilidade (e até a necessidade) de ter um espaço reservado, privado e seguro no qual possa fazer contato mais profundo consigo mesmo, com suas emoções, reflexões, ter esse ambiente para se cuidar e se conhecer.

Eu considero que ter tempo pra si mesmo, para poder escutar o que se passa dentro, poder deixar lágrimas correrem ou outras emoções, ter tempo pra escrever, ler, meditar sem ser interrompido ou invadido é um fator que ajuda muito em nossa saúde mental/ emocional. Construir esse ambiente para fazer a terapia, facilita com que isso seja feito também em outros momentos. Para alguns, conseguir dizer para um filho ou esposa/marido que vai precisar ficar sozinho e não ser interrompido é um grande passo e isso pode abrir muitas portas dentro dessa relação, por exemplo. Sendo casada e tendo uma filha, vivo esse desafio no dia-a-dia também e sei que apesar de ser difícil, esse respiro contribui significativamente para a qualidade das relações.

Tenho observado que para alguns clientes, ter a possibilidade de se conectar com o terapeuta pelo computador foi a condição que permitiu que esse passo de iniciar um processo terapêutico fosse dado. Estar distante fisicamente deixa algumas pessoas mais seguras e relaxadas do que se esse encontro fosse presencial. 

Outra vantagem do modelo online é a flexibilidade de horário. Considero a terapia online mais fácil de encaixar tanto na agenda do terapeuta (que pode atender estando no consultório ou em sua própria casa) como na agenda do cliente. Sendo que a terapia pode continuar quando o cliente precisar viajar, e o terapeuta também. Ou quando mudanças de cidade acontecem.

A conexão via internet permite sim que haja um contato profundo e verdadeiro entre cliente e psicoterapeuta. A tecnologia trouxe essa modalidade que já foi reconhecida e regulamentada pelo Conselho Federal do Psicologia desde 2012. Segundo pesquisas, a terapia online é a modalidade que mais cresce no Brasil e já é comum em vários outros países.